terça-feira, 31 de outubro de 2017

Bancada federal do RN recebeu R$ 122 milhões para salvar Temer

Entre as bancadas estaduais que mais receberam emendas para barrar a primeira e a segunda denúncia apresentadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara,, a do Rio Grande do Norte lidera a lista com R$ 122 milhões em recursos disponibilizados, segundo levantamento da ONG Contas Abertas. A de Roraima aparece em seguida, com R$ 120 milhões e a do Rio de Janeiro logo atrás, com R$ 113 milhões.

Entre os dez partidos que mais receberam, o PMDB do presidente Temer lidera a lista, com R$ 801 milhões. Curiosamente, o PT aparece em seguida, com repasses que totalizam R$ 600 milhões. O PSDB, partido que tem sua base rachada desde a primeira denúncia, recebeu R$ 547 milhões. Em seguida vem o PP com R$ 487, PR com R$ 400, PSD com R$ 371, PSB com R$ 319, DEM com R$ 262, PTB com R$ 212 e PDT com R$ 190 milhões.

Menores infratores promovem baderna e fazem educadores reféns no interior do RN

Terminou por volta das 15h30 desta terça-feira, 31, um princípio de rebelião iniciado cerca de uma hora antes por adolescentes internados no Centro Educacional (Ceduc) de Caicó, no Seridó Potiguar. Os três reféns (educadores do CEDUC) foram liberados sem nenhum ferimento, porém bastante abalados psicologicamente.

De acordo com as informações da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac), pasta do Governo do Estado responsável pelos Centros Educacionais, 10 adolescentes participaram da movimentação que ocorreu em uma das quatro alas do Ceduc.


O Ceduc de Caicó tem capacidade para manter 32 adolescentes internados, e hoje abriga 31 – conforme informação da Fundac.


Os Centros Educacionais são unidades operacionais de atendimento direto, em regime de internação e semiliberdade para adolescentes de todos os sexos, com medida socioeducativa de privação e restrição de liberdade, determinada pela justiça, por atribuição de autoria de ato infracional.

Portal no Ar

Kelps sugere parceria com a Igreja em ações de combate à violência

Dados do 11° anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública apontam que o Rio Grande do Norte tem a segunda maior taxa de assassinatos do país. Os números chamam a atenção do deputado Kelps Lima (Solidariedade) que sugeriu, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (31), que o Estado convoque os segmentos da sociedade para atuarem nas ações de combate à violência, entre eles, a Igreja.

“O atual modelo não funciona. O problema da violência não será resolvido com a polícia, que atua na crise para conter ou apurar uma situação quando alguém já foi vítima. O combate à violência começa no núcleo familiar e é preciso convocar os diversos segmentos, entre eles a Igreja, uma vez que independente da religião, os entes religiosos estão presentes em toda a sociedade”, disse Kelps.

O deputado falou sobre os números do anuário que traz dados de 2016 e destacou que 2017 já registra aumento da violência em torno de 25% em relação ao ano anterior. “Devemos fechar o ano como o Estado mais violento do país. Com a maior taxa de homicídios de 2017”.

Kelps Lima reforçou que é preciso apresentar sugestões de ações políticas e sociais para combater à violência. Para ele, uma parceria com a OAB e conceitos de diversas profissões deveriam se envolver para combater a violência na base. “A qualidade da Saúde, da Segurança e da Educação estão diretamente relacionadas à violência”.

Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

O Brasil registrou 61.619 mortes violentas intencionais, como assassinatos, em 2016, maior volume absoluto já registrada no país. As maiores taxas foram registradas em Sergipe (64 a cada 100 mil habitantes), Rio Grande do Norte (56,9) e Alagoas (55,9).

Cemitérios de Natal vão contar com segurança da Guarda Municipal no Dia de Finados

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) por intermédio do Comando da Guarda Municipal do Natal (GMN) deflagra na noite desta quarta-feira (1º) a Operação Finados, que tem o objetivo de manter a segurança de centenas de cidadãos que devem visitar os cemitérios públicos da capital durante o Dia de Finados. A ação vai contar com patrulhamento noturno no dia anterior e com rondas de segurança preventiva das 7h às 22h da quinta-feira (02).

De acordo com informações repassadas pelo Subcomando de Segurança da GMN, serão deslocadas para as áreas onde se situam os cemitérios públicos sete viaturas de patrulhamento ostensivo e 21 guardas municipais equipados com armamento letal e menos que letal. Serão realizados pontos bases e móvel nos cemitérios do Alecrim, Nova Descoberta, Redinha, Pajuçara, Ponta Negra, Igapó e Bom Pastor I e II.

A atenção maior dos guardas municipais vai ser intensificada durante as celebrações religiosas que estão programadas para acontecer nessas unidades. A situação requer um olhar mais atento devido a concentração de pessoas que é ampliada, aumentando a probabilidade de ações delituosas de furtos e roubos.

O comandante da GMN, Michel Dantas, ressaltou que a missão da GMN vai ser de manter a segurança dos oito cemitérios da cidade que estão sob a responsabilidade da Prefeitura para que a visitação aos túmulos ocorra de forma tranquila e ordeira. “Nosso objetivo é manter a segurança evitando qualquer tipo de delito contra os cidadãos natalenses, de maneira que eles possam visitar seus entes queridos em um ambiente de paz e tranquilidade, e para isso nossos agentes vão atuar ostensivamente durante todo o dia”, informou.

O subcomandante de Segurança da GMN, Alberfran Grilo, que ficará a frente do comando da Operação Finados adiantou que o patrulhamento vai contar com guardas municipais lotados no serviço regular e outros que vão atuar em serviço extra. “O serviço realizado rotineiramente pela Guarda Municipal não vai sofrer alteração já que o efetivo vai ser ampliado com guardas municipais que estariam de folga”, comunicou o subcomandante.

Assessoria de Comunicação da Guarda Municipal do Natal 

Governo anuncia finalização de pagamentos de setembro para os dias 06 e 10/11

O Governo do Estado encerra nos próximos dias 6 e 10 de novembro o pagamento da folha de setembro para os servidores que recebem acima de R$ 4 mil.

Na próxima segunda-feira 6, será paga uma parcela de R$ 4 mil aos que recebem acima desse valor. O restante dessa faixa salarial será pago no dia 10 de novembro.

Em paralelo, o Governo dá início ao pagamento da folha de outubro. Também no dia 10/11 serão depositados os pagamentos dos servidores estaduais que recebem até R$ 2 mil.

Pagamento hoje

Já os servidores da Educação, que recebem a partir de recursos federais do Fundeb, e os dos órgãos da administração indireta, que possuem recursos próprios, estão recebendo os salários do mês do outubro hoje, terça-feira 31.

O pagamento de hoje está sendo realizado sem distinção entre ativos, inativos, aposentados e pensionistas. Com isso, até o dia 10 de novembro 50% dos servidores terão recebido seus vencimentos referente à folha de outubro do Estado.

Agora RN

Seminário revela que no RN idosos e falsos agentes de segurança são utilizados em assalto a bancos

A utilização de idosos e assaltantes vestidos com fardamento de agentes de segurança faz parte do novo “Modus operandi” que o crime organizado está utilizando para realizar assalto a bancos no Rio Grande do Norte e outras capitais do Nordeste. O assunto foi debatido neste final de semana, durante seminário de segurança bancária que a Interfort Segurança, empresa potiguar que é responsável pela segurança de bancos, como a Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Nordeste e Banco do Brasil. O evento, realizado em parceria com a CEF no auditório da Caixa, no Praia Shopping, contou com a participação de especialistas em segurança bancárias, que enfatizaram para uma plateia composta por cerca de 200 profissionais de segurança de bancos a necessidade de reforçar a vigilância em torno de personagens aparentemente isentos de qualquer suspeita.

Para se ter noção da gravidade do assunto, no Rio Grande do Norte, pelo menos 10% das tentativas de intrusões em agências bancárias, foram realizadas através da tática de utilização de idosos, deficientes físicos ou de falsos agentes de segurança fardados.

Segundo o especialista em segurança corporativa e gerente Operacional Regional da Interfort, Reinaldo Santos, a ordem do dia agora é redobrar a atenção, inclusive com relação a clientes de banco que estejam fardados com traje policiais ou de empresas de segurança.

Para Santos, o processo criativo do crime organizado está sempre em constante evolução, o que obriga as empresas especializadas em segurança bancária a reforçar cada vez mais as normas de fiscalização.

Segundo ele, mesmo um idoso que não utilize a porta giratória dos bancos por ser portador de marca passos ou cadeirante, terá que se submeter a revista do detector de metais manual. O controle de acesso às agências bancárias de policiais civil, militar ou federal armados, também passa a ser mais rigoroso e será feito tão somente após autorização da gerencia, após a checagem da identidade funcional.

O executivo Jose Mario das Neves, coordenador de Segurança da Caixa Econômica Federal/PE, destacou no seminário que a CEF vem reforçando cada vez mais os seus ativos de segurança para prevenir situações de riscos. Segundo ele, a gestão de segurança constitui um processo contínuo e dinâmico de permanente avaliação e adequação das medidas e procedimentos de segurança contra os riscos e ameaças reais ou potenciais.

Motorista que estourar 20 pontos perderá CNH por 6 meses a partir de amanhã

Os motoristas que estourarem 20 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) a partir desta quarta-feira (1º) terão de cumprir no mínimo seis meses de suspensão. A nova regra vale para infrações cometidas a partir do dia 1º de novembro de 2016.

Atualmente, um motorista fica suspenso no mínimo por um mês. O prazo máximo continuará sendo de 12 meses. O tempo total de suspensão depende do histórico do condutor e da gravidade das infrações cometidas.

A suspensão maior entrou em vigor em novembro do ano passado, por meio de uma lei que alterou o CTB (Código Brasileiro de Trânsito), mas só terá efeito em processos a partir desta terça, pois o motorista é punido ao somar 20 pontos ou mais em um período de 12 meses a contar da primeira infração da pontuação.

De acordo com o Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo), a média mensal de suspensão da CNH cresceu 50% de 2015 para 2017 no Estado. De janeiro a setembro deste ano, 424.625 motoristas iniciaram o cumprimento da suspensão ante 377.341 no mesmo período de 2015. Na capital paulista, a média de habilitações suspensas cresceu 55%.

Os dados incluem tanto as suspensões por somatória de pontos quanto as decorrentes de uma única infração que por si só leva à privação do direito de dirigir, como misturar bebida e direção, ultrapassar em 50% a velocidade máxima permitida na via ou praticar racha, entre outros casos.

Os motoristas que forem suspensos com infrações cometidas antes de 1º de novembro de 2016 serão punidos pela regra antiga (mínimo de um mês sem poder dirigir). Para isso, basta ter apenas uma multa antes do prazo da nova regra. Por exemplo: um condutor que recebeu a primeira multa no dia 31 de outubro de 2016 e as restantes após 1º de novembro do ano passado vai cumprir a suspensão pelo prazo antigo.

Também vai aumentar o prazo mínimo para o motorista que estourar os 20 pontos mais de uma vez em um ano. Hoje, a suspensão mínima é de seis meses. A partir desta terça, passará a ser de oito meses. A pena máxima continuará em 24 meses.

CURSO


O condutor que soma 20 pontos na CNH é notificado pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e pode apresentar defesa em várias instâncias. A suspensão começa a valer quando o motorista entrega a habilitação ao Detran. Depois de cumprir o prazo, deve fazer um curso de reciclagem e, se passar em uma prova, receberá a habilitação de volta.


Folha de São Paulo

Onda de assaltos em ônibus volta a preocupar motoristas e usuários

A onda de assaltos praticados no interior de transportes coletivos volta a preocupar motoristas, cobradores e usuários de Natal e região metropolitana. Na noite desta segunda-feira (30), três casos foram registrados nas delegacias de plantão da zona Sul e Norte.

De acordo com um levantamento feito pelo PortalBO a maioria dos assaltantes age sozinhos, usa arma branca para render as vítimas e prefere o horário da noite para praticar os roubos. Quatro pontos são os mais procurados pelos autores dos assaltos, a avenida Bernardo Vieira, a Felizardo Moura, a BR 101 e a avenida Tomaz Landim.

Na noite desta segunda-feira três transportes foram assaltados em um intervalo de 30 minutos. Uma das vitimas foi a motorista Elisângela Vieira. "Eu senti que ele ia assaltar, mas não pude fazer nada, quando olhei pelo espelho já estava acontecendo o roubo", relatou. Nos três casos nenhum dos suspeitos foi preso.

O Comando de Policiamento Metropolitano informou que diversas operações estão sendo realizadas nesses corredores e que nesta segunda-feira dois suspeitos foram presos armados dentro de um ônibus em Parnamirim.

Portal BO

PGR quer tornar Agripino réu em processo por corrupção passiva e lavagem de verba

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recomendou que o Supremo Tribunal Federal (STF) receba a denúncia apresentada em setembro por seu antecessor no cargo, Rodrigo Janot, contra o senador José Agripino Maia (DEM-RN) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

“A denúncia narra os fatos atribuídos ao acusado em um contexto de recebimento de vantagens indevidas, de forma oculta e disfarçada, no âmbito de complexo esquema de corrupção envolvendo diversas pessoas, divididas em núcleos especializados em determinadas tarefas”, escreveu a procuradora.

O parecer de Raquel reforça a convicção de Janot de que há elementos mínimos apontando a autoria dos crimes e justificando a continuidade das investigações. O relator do inquérito, ministro Luís Roberto Barroso, deve apresentar um voto à Primeira Turma do STF, composta por cinco ministros, que vão decidir se aceitam ou não a denúncia.

Em caso positivo, o inquérito será transformado em ação penal e Agripino passará à condição de réu. Não há data prevista para esse julgamento.

Agência O Globo

PF encontra R$ 30 mil em notas com auxiliar de Henrique Alves no DF

A Polícia Federal encontrou R$ 30 mil em espécie no Ministério do Turismo na Operação Lavat, deflagrada na última quinta-feira. O dinheiro estava na sala do ex-chefe da assessoria parlamentar do ministério, Norton Domingues Masera, preso temporariamente na operação, que investiga assessores e familiares do ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB) que estariam cometendo crimes mesmo depois da prisão do político, em junho.

Os policiais também encontraram R$ 10 mil na casa de Masera. Indicado pelo ex-ministro do turismo Henrique Alves para ocupar o cargo, Masera permaneceu como assessor na pasta mesmo com a saída do peemedebista no ano passado. Ele só foi exonerado na última sexta após ser preso temporariamente.

No pedido de prisão enviado à Justiça Federal do Rio Grande do Norte, o Ministério Público Federal descreveu Masera como um dos “relevantes auxiliares” de Henrique Alves e afirmou que a permanência dele na pasta do Turismo “envidencia a continuidade de influência do ex-parlamentar no governo federal”.
No celular do peemedebista analisado pela PF foram encontradas mensagens entre ele e Masera sobre “troca de cargos estratégicos e liberação de verbas no Ministério do Turismo” em municípios do Rio Grande do Norte.

O empresário Frederico Queiroz, preso em junho na mesma operação que levou Henrique Alves para trás das grades e hoje delator, apontou Masera como “um dos responsáveis pelo esquema de lavagem de dinheiro na campanha de Henrique Alves ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte em 2014”. Queiroz afirmou também que era Masera quem viajava para diferentes cidades, inclusive para São Paulo, “a fim de receber vantagens indevidas oriundas da Odebrecht”.

Fonte: Valor

Senado vota nesta terça-feira projeto que regulamenta serviços como Uber

Empresas de transporte privado por aplicativos avaliam que, se o Congresso aprovar o Projeto de Lei Complementar (PLC) 28/2017, que equipara o serviço oferecido por elas ao dos táxis, o modelo de negócio ficará inviável e pode ser extinto.

Uber, Cabify e 99POP se uniram numa campanha contra a proposta que será votada, em regime de urgência, nesta terça-feira no Senado. Entre os outras medidas, o PLC passará a exigir o uso de placas vermelhas pelos veículos e autorização das prefeituras para que a atividade seja exercida. Os motoristas de aplicativos fizeram manifestações nesta segunda em pelo menos 36 cidades brasileiras.

O presidente global do Uber, Dara Khosrowshahi, está no Brasil e vai acompanhar a votação no Senado. Segundo ele, o projeto andou muito rápido no Congresso, e faltou debate com os usuários do serviço.

– O projeto andou muito rápido no Congresso e faltou discussão. Não somos contra a regulamentação, mas queremos uma regulamentação que preserve os direitos do consumidor – disse Khosrowshahi ao GLOBO.

Na prática, as empresas de aplicativos entendem que a regulamentação proposta aumenta a burocracia, e reduzirá a oferta do serviço já que poucas pessoas devem obter as licenças nas prefeituras. Segundo as companhias, a PLC também limita o direito de escolha dos usuários, restringindo a concorrência, além de deixar milhares de brasileiros sem a opção de ganhar um renda extra, num momento em que o desemprego atinge 13 milhões de pessoas. Nos bastidores, o entendimento das empresas é que, em ano pré-eleitoral, o projeto tramitou muito rápido no Congresso por pressão dos taxistas.

– As questões técnicas desse modelo de negócio, como criação de empregos e concorrência, nem foram discutidas nas comissões do Senado. O projeto foi levado diretamente à votação no Plenário, em regime de urgência, para que não tivesse a visibilidade da sociedade – diz uma fonte que acompanhou a tramitação do projeto.

O presidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo (Sinditáxi), Natalício Bezerra da Silva, afirma que a categoria (são cerca de 38 mil taxistas em São Paulo e 33 mil no Rio de Janeiro) esperava há tempos a regulamentação dos aplicativos de transporte. Bezerra também estará em Brasília acompanhando a votação e tem a expectativa de que o texto seja aprovado sem modificações.

– Não podemos aceitar que empresas estrangeiras venham ao país e explorem os brasileiros. Quem não anda na linha, deve ser posto na linha pelas autoridades – disse Bezerra.

Para mostrar que o modelo de negócios é empregador e beneficia milhões de usuários, o Uber pela primeira vez revelou números da companhia no país. Segundo Khosrowshahi, a empresa tem 500 mil motoristas parceiros (100 mil no Rio de Janeiro e 150 mil em São Paulo) e 17 milhões de usuários no país. 

Segundo o presidente da empresa, este ano, já foram recolhidos quase R$ 500 milhões em impostos, como ISS, ICMS e Imposto de Renda. O Brasil é o segundo maior mercado da empresa, depois dos Estados Unidos, e por isso sua importância estratégica. Já a 99POP afirma ter 20 mil motoristas no Rio de Janeiro, enquanto a Cabify diz que dos 200 mil motoristas parceiros que possui no país, a maior parte está em São Paulo e Rio de Janeiro.

– Nosso modelo de negócio fica inviabilizado com o PLC 28. Incentivamos as manifestações dos motoristas que aconteceram em diversas cidades ontem porque essa regulação é um retrocesso do nosso modelo de mobilidade para o país. Também foi criado o site www.retrocessourbano.com.br para que as pessoas se conscientizem sobre essas mudanças, que são muito graves – diz Daniel Velazco Bedoya, country manager da Cabify no Brasil.

O Uber também lançou na tevê aberta, em horário nobre, uma campanha questionando a regulamentação proposta pelo Congresso. No filmete, com duração de um minuto, usuários do serviço aparecem com a boca tapada para mostrar que não foram consultados sobre as mudanças e o PLC 28/20017 é chamado de “Lei do Retrocesso”. As demais empresas, como 99 e Cabify, também estão se mobilizando e informando seus usuários das mudanças com campanhas nas redes sociais.

Uma fonte que acompanha as negociações afirma que existe a disposição do Senado de vetar o uso das placas vermelhas e a obrigação de que o motorista tenha carro próprio para prestar o serviço de transporte via aplicativo. Mas os demais pontos, como a obrigação de licenças dadas pelas prefeituras, devem ser aprovados, diz a fonte, deixando para o presidente Michel Temer a decisão de vetar ou não o projeto.

Para Velazco Bedoya, da Cabify, um dos cenários positivos para as empresas de aplicativos seria que fosse aprovado um texto substitutivo apresentado pelo relator Pedro Chaves (PSC-MS). O texto de Chaves diz que os aplicativos já foram aprovados pela população porque “aumentaram seu bem-estar social e provocaram a redução dos preços, com a livre concorrência”. O substitutivo de Chaves também não exige que os motoristas tenham autorização concedida pelo poder público para trabalhar e nem que os veículos utilizem placas diferenciadas.

– Esse projeto substitutivo de fato traz a regulamentação do serviço prestado pelos aplicativos. Ele determina a obrigatoriedade de antecedentes criminais dos motoristas e compartilha dados com o poder público. O PLC 28 como está, na verdade, é uma proibição disfarçada de regulamentação – diz Kaliana Kalache, gerente de relações governamentais da 99.

O Uber acumula polêmicas ao redor do mundo. Este mês, iniciou o que promete ser uma longa batalha judicial para tentar derrubar a suspensão de sua licença na capital inglesa, onde tem 3,5 milhões de clientes. Além disso, a empresa anunciou que vai deixar de operar em Quebec, no Canadá, por conta de uma regulação anunciada pela província. Nos Estados Unidos, onde nasceu, o Uber também enfrenta problemas: é alvo, por exemplo, de uma ação por suposta manipulação de preços. Não faltam ainda processos movidos por motoristas cadastrados pelo aplicativo, que cobram direitos trabalhistas.

O GLOBO

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Problemática de suicídios entre adolescentes é discutida na câmara municipal de Natal

A prevenção é a melhor forma de evitar o suicídio entre jovens, na opinião dos participantes de uma audiência pública realizada nesta segunda-feira (30) pela Frente Parlamentar Municipal em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente que abordou a temática “Depressão na Adolescência: da Automutilação ao Suicídio”. O debate foi mediado pela vereadora Júlia Arruda (PDT) e contou com a presença de profissionais da área da saúde, gestores públicos do Estado e do Município, líderes religiosos, integrantes de movimentos sociais organizados e sociedade civil.

“O suicídio ainda é tido como um tabu na nossa sociedade. As pessoas não estão acostumadas a lidar com as perdas, julgam indivíduos que tentam suicídio como fracassados. Mas as coisas não são tão simples assim. O tema é complexo e exige reflexão. Precisamos deixar de ter medo de falar sobre o assunto, e compartilharmos informações. Dessa forma, teremos mais conhecimento para ajudar”, avaliou Ana Karina. “Nós precisamos de mais profissionais atuando no campo da saúde mental. Necessitamos de psicólogos atendendo nos postos de saúde e nas escolas”, defendeu.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pessoas que vivem com depressão cresceu 18% entre 2005 e 2015. A estimativa é de que, atualmente, mais de 300 milhões de pessoas de todas as idades sofram com a doença no mundo. No pior dos casos, a depressão pode levar ao suicídio, segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. 90% dos casos podem ser prevenidos, desde que existam condições mínimas de ajuda, quer seja voluntária ou profissional.

Camelôs também apoiam modernização do Alecrim

Prestes a ter seu desenho urbano reformulado mais uma vez, o bairro do Alecrim, principal ponto de comércio popular de Natal, revive a atmosfera de quase 30 anos atrás quando o camelódromo atual foi implantado.

Na década de 1980, o equipamento foi erguido, para resolver o problema gerado pelo conflito entre ambulantes e comerciantes estabelecidos. O passar do tempo fez, no entanto, transbordar os ambulantes do camelódromo para ruas e calçadas, situação que Natal agora quer discutir com a modernização do bairro.

Se na década de 1980 houve conflito, agora não poderia ser diferente. Mas há uma diferença nos dois recortes temporais: todos os impactados pelo projeto se manifestam a favor da ideia. Se o que está no papel for executado, o bairro do Alecrim deverá ter calçadas padronizadas e ruas livres para pedestres e carros, mais iluminação e limpeza, além de um boulevard, a praça Gentil Ferreira toda reformada e um novo relógio que poderá ser visto de todos os pontos da cidade.

Os camelôs opinam:

“A gente tem uma história de vida aqui. Não somos contra de jeito nenhum esse projeto. Vai melhorar o bairro, sem dúvida. Mas gostaríamos de manter nossas atividades. E se não for no Alecrim, que possa ser numa região de fluxo de pessoas”, defendeu a ambulante Jane Rocha, que está há 20 anos no bairro.
“A gente precisa saber se vai ficar aqui ou se vamos para outra área da cidade. Essa indefinição não pode continuar”, declarou Elias Lopes, que largou o trabalho de vigilante há três anos para vender no Alecrim.

Uma das mais antigas vendedoras do bairro, dona Valdenice Bezerra, 65, está no Alecrim desde 1977. Disse já ter acompanhado muitas transformações do bairro. De sua banca em uma das calçadas, opina o seguinte: “Tem muita gente antiga aqui. Esse bairro precisa de melhoria? Precisa. Mas dá para acomodar todo mundo, mesmo em outras áreas, no Alecrim ou em outro bairro, como a Ribeira”, opinou.

Portal no Ar

Temer recebe alta após internação para cirurgia urológica

O presidente Michel Temer teve alta no início da tarde de hoje (30) após ser submetido a uma cirurgia urológica para desobstrução da uretra e retirada de sonda vesical, na sexta-feira (27). Ele saiu do Hospital Sírio-Libanês e seguiu para sua residência que fica no bairro Alto de Pinheiros, zona oeste da capital paulista. Por orientação médica, o presidente deve repousar em casa até quarta-feira (1º).

A cirurgia foi coordenada pelos médicos Kalil Filho, Miguel Srougi e Felipe A. Barroso Braga. A intervenção foi considerada bem-sucedida.

Temer foi internado no Sírio-Libanês na sexta-feira com quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna da próstata. O problema foi descoberto na quarta-feira (25), quando o presidente foi internado no Hospital do Exército após se sentir mal. Ainda em Brasília, o presidente foi submetido a uma sondagem vesical, que consiste na introdução de um cateter através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina. O presidente passou a tarde de quarta-feira no hospital e deixou o local no início da noite.

Por Ludmilla Souza/Agência Brasil

“Integração das forças policiais do RN colaboraram para diminuir latrocínios”, diz Wallber Virgolino

Nesta segunda-feira 30, estudo do 11º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelou que o número de casos de latrocínios – roubo tendo como resultado a morte – caíram 18% no Rio Grande do Norte entre 2015 e 2016. Titular da Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejuc) do Governo do Estado naquela época, Wallber Virgolino se mostrou satisfeito com os dados.

Ele apontou a integração das forças policiais do Rio Grande do Norte como fator preponderante para a queda de ocorrências deste crime nos últimos anos.

“Credito esses resultados à integração que a Sejuc, a Sesed, a Polícia Civil e Polícia Militar fizeram. Naquela época, ainda tivemos participação do Exército. Graças a muitas operações de repressão, tivemos elementos que contribuíram para combater esses crimes. A presença da polícia na ruas naturalmente é um reflexo disso”, avaliou Virgolino que, após deixar a Sejuc em maio, hoje vive em seu estado natal, a Paraíba.

À frente da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) do Rio Grande do Norte está a também delegada Sheila Freita. Para Virgolino, que disse estar sempre acompanhando o quadro da segurança pública do Rio Grande do Norte mesmo morando em outro estado, ela tem atuado bem com aquilo que possui. “Sheila é uma pessoa respeitosa. Sei que ela encontra dificuldades com a falta de investimento e com a crise financeira do estado, mas acho que ela tem competência para virar esse jogo – ela está em um bom caminho”.

Fazendo um comparativo entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte, Wallber Virgolino disse que, para ele, o crime se enraizou nas terras potiguares, enquanto que nas paraibanas, a polícia não vem tendo tanto trabalho. “Na Paraíba, não há crime organizado como no Rio Grande do Norte – o estado potiguar passou a ser um centro de distribuição de drogas e das facções. Vemos a atuação do crime organizado todos os dias, matando policiais, agentes penitenciários… Na Paraíba temos um outro cenário, lidamos com ‘ladrões de galinha’, por assim dizer”, encerrou.

Agora RN

Governo do RN decreta ponto facultativo para a próxima sexta-feira

Em virtude do feriado do Dia de Finados, na quinta-feira (02), o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, determinou que seja decretado ponto facultativo para os órgãos e entidades da administração direta, indireta, autárquica e fundacional na sexta-feira, dia 3.

Segundo a assessoria de comunicação do governo, estão excluídas do ponto facultativo as atividades consideradas essenciais, como hospitais, policiamento e bombeiros.

ITEP inicia emissão de identidades por agendamento na central do Via Direta

A Central do Cidadão da Zona Sul, localizada no Shopping Via Direta, na avenida Senador Salgado Filho, também contará com o sistema de agendamento eletrônico para regular o atendimento relativo a emissão de identidades a partir desta terça-feira (31).

A emissão de identidades através do agendamento eletrônico de atendimento começou no dia 18 de setembro na Central da Zona Norte, localizada no Shopping Estação, e foi concebido pela Secretaria de Estado do Trabalho e da Assistência Social (SETHAS) em parceria com o Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP) no intuito de eliminar filas e tornar o serviço mais eficiente.

“Esse sistema é necessário, pois ele vai eliminar filas e regular o atendimento, evitando com que o usuário vá até o local e não seja atendido”, destaca Clênio Maciel, coordenador das Centrais do Cidadão.

Segundo Josebias Ferreira, diretor do Instituto de Identificação do ITEP, o novo sistema vai permitir que o usuário possa marcar a data e horário para emissão do documento. “Será um ganho enorme para a população, pois não haverá mais filas e as pessoas irão ser atendidas em datas e horários previamente agendados”, revela.


A partir de agora, quem quiser emitir sua identidade na central do cidadão do Shopping Via Direta terá que realizar o agendamento eletrônico, assim como já é feito na unidade da Zona Norte.

Para realizar o agendamento, basta acessar o site oficial do ITEP (www.itep.rn.gov.br), ir na aba serviços e procurar a barra de emissão de identidades, ou ir direto no site http://central.rn.gov.br/. Ao chegar à página da central, é necessário realizar um cadastro e em seguida marcar a data, horário e o local de atendimento disponível (Via Direta e Shopping Estação).

Com o início da operação do sistema na Central do Via Direta, o ITEP agora irá trabalhar para expandir o agendamento eletrônico para outras unidades. 

Provavelmente, a próxima a ser contemplada será a central de Parnamirim.

ASSECOM/ITEP

Corpo de Bombeiros do RN reforça alerta para prevenção de afogamentos

O verão ainda não começou oficialmente, mas o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte mantém o alerta aos banhistas para que tenham atenção redobrada a fim de se evitar afogamentos nas praias, rios, lagoas e piscinas do Estado. Neste final de semana, o CBMRN registrou três óbitos por afogamento: na praia do Forte, Camurupim e no município de Santa Maria. O Corpo de Bombeiros tem trabalhado na orientação dos banhistas, no monitoramento e no pronto atendimento em situações de risco.

O comandante do Grupamento de Busca e Salvamento, capitão Roberto Oliveira, explica que crianças na praia requer atenção redobrada. Elas são rápidas e estão em um ambiente aberto, cheio de estímulos. Basta um piscar de olhos e pronto, a criança desaparece em meio ao mar de guarda-sóis. “Não se deve, jamais, entrar em lugares mais profundos sem saber nadar”, afirma. Se alguém estiver em risco, deve-se jogar uma corda, um pneu, um pedaço de madeira ou qualquer outro objeto que flutue para que o banhista possa se apoiar.

Em relação ao mar, todo cuidado é pouco e o alerta vale para todos os banhistas, de qualquer faixa etária. Não é somente o mar agitado que oferece riscos: muitas vezes as correntes marítimas mudam em questão de minutos, transformando o mar calmo em um cenário perigoso até mesmo para quem sabe nadar. Um grande ponto de risco são as “correntes de retorno”.
“Toda vez que o mar sobe em direção à praia, as ondas se formam, quebram, chegam na areia e retornam ao mar. Neste retorno, elas sofrem resistência de outras ondas que estão vindo e buscam uma saída. Com este movimento, vão escavando a areia e criando valas mais profundas. Olhando de longe, parece uma área calma dentro do mar. Não há ondas e isso chama a atenção dos banhistas. Mas ali é justamente o ponto mais perigoso. Na dúvida, é melhor pedir orientação aos guarda-vidas”, explica o comandante.

Além de prestar atenção à sinalização na beira do mar, outro ponto fundamental é saber como agir em uma situação de risco dentro da água. “Se o banhista estiver em uma corrente de retorno e tentar nadar contra, não vai conseguir chegar à praia e ainda se desgastará fisicamente. A força da puxada é maior. 

Recomendamos que a pessoa mantenha-se o mais calma possível, faça flutuação e espere a corrente levá-la para outro ponto. Se for nadar, sempre na diagonal à praia, nunca na perpendicular”, destaca o capitão.

Outro erro muito comum é tentar salvar alguém que está se afogando: “A melhor forma de ajudar é pedir por socorro, acenando para o guarda-vidas; e tentar jogar algum objeto flutuante que esteja por perto para a pessoa segurar. Jamais tente ir ao encontro dela, mesmo se souber nadar – aí serão duas pessoas em risco”, reforça o oficial.


O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte alerta para os cuidados ao entrar na água.

– Não superestime sua capacidade de nadar. Avalie as consequências de um possível incidente


– Em água doce ou salgada, prefira banhar-se em locais rasos e sem correnteza

– Se notar que está sendo arrastado por uma dessas correntes, mantenha-se calmo e tente acenar ou gritar por socorro enquanto nada transversalmente (para o lado, em vez de para o raso)

– Não tente salvar pessoas vítimas de afogamento sem estar habilitado. Neste caso, lance algum objeto que a ajude a vítima a flutuar e acione guarda-vidas ou a emergência pelo telefone 193

– Crianças exigem cuidado redobrado. Não as perca de vista

– Sempre que possível, opte pelo uso do colete salva-vidas ao invés de objetos flutuantes

– Nunca nade após ingerir bebidas alcoólicas, alimentos ou se estiver passando mal ou com frio

– Antes de mergulhar, certifique-se da profundidade. Um acidente pode provocar sequelas irreversíveis

CBM/ASSECOM

Turistas têm carros arrombados no mirante de Tabatinga

Cerca de sete turistas procuraram a Central de Flagrantes, na tarde deste domingo (29), para prestar queixa de arrombamentos em veículos, no estacionamento do mirante de Tabatinga, litoral Sul. Dois carros tiveram os vidros quebrados e os pertences das vítimas levados por criminosos.

O empresário paulista Rogério Catalano chegou na unidade policial apenas com a roupa de banho, todos os outros objetos foram furtados. " Essa é a quinta vez que venho a Natal e a primeira que acontece isso. É de fato um absurdo a gente não se sentir seguro em local que é tão visitado por todos", disse.

As outras vítimas também ficaram sem documentos, dinheiro e produtos eletrônicos que estavam no interior dos veículos arrombados. A polícia afirmou que casos semelhantes já foram registrados nas últimas semanas.

Portal BO

Após morte de detento em penitenciária de Mossoró, quatro presos fogem da unidade

Um detento do regime fechado foi encontrado morto nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (30) dentro da Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar. A Secretaria de Justiça e da Cidadania (30) também confirmou que quatro presos fugiram da unidade.

Wendel Djaime Sena Freire Costa, de 26 anos, o ‘Dandinho’, estava preso pelos crimes de homicídio e assalto à mão armada. Segundo perícia, havia marca de estrangulamento.

Uma equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi chamada à penitenciária e confirmou a existência do corpo e as marcas de estrangulamento.

Os quatro presos que fugiram, inclusive, estavam na mesma cela. A Polícia Civil investiga a possibilidade de Wendel ter sido assassinado.

Segundo a própria Sejuc, esta foi a 28ª fuga registrada este ano, totalizando 246 foragidos. Destes, 102 foram recapturados e 9 mortos na rua.

Com informações do G1/RN

Mulher é encontrada morta em carro de mão no Paço da Pátria

  
Uma mulher ainda não identificada oficialmente foi encontrada morta, na tarde deste domingo (29), no interior de um carro de mão, na travessa Ocidental de Baixo, na comunidade Paço da Pátria, zona Leste de Natal. A polícia acredita que a vítima foi morta por traficantes que atuam no local.

De acordo com o Sargento Marconi do 1° Batalhão a mulher foi assassinada com golpes de arma branca em outro ponto da comunidade e deixada no meio da rua. "Possivelmente quem matou esta jovem não quis a polícia por perto e levou o corpo para bem longe de onde ocorreu o crime", disse.
O policial ainda informou que a mulher pode ter sido morta por traficante que atuam na região, porém a razão só será revelada após as investigações que ficarão sob a responsabilidade da Divisão de Homicídios.

Portal BO

domingo, 29 de outubro de 2017

Corpo de Freira que morreu em incêndio é velado na Capela de Santa Terezinha em Caicó

A irmã Terenice Souza Vilas Boas, de 47 anos, que morreu durante incêndio na madrugada deste domingo, 29, em Caicó, está sendo velada na tarde de hoje na Capela de Santa Terezinha, no município. O sepultamento será amanhã. Terecine Souza teve o corpo queimado em incêndio no Educandário Santa Terezinha. A freira é natural de Feira de Santana, na Bahia.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 2 horas e 40 minutos da madrugada. Ainda não se sabe o que causou o incêndio, suspeita-se que tudo começou com um curto-circuito.

O fogo já estava chegando no alojamento de outra feira que fica ao lado. A irmã Praxedes conseguiu sair do quatro e pedir socorro na rua.O vigilante que mora próximo atendeu ao apelo e abriu a porta do alojamento de Irmã Terenice, mas era tarde. O Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou as chamas. O corpo da freira foi encontrado no chão próximo a uma porta que dá acesso a uma varanda.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) foi acionado e realizou a remoção do corpo. Os peritos vieram de Natal para fazer os trabalhos. 
O corpo de Irmã Terenice foi liberado do ITEP por volta de 12h30 para sepultamento. A madre superiora da congregação Amor Divino, da Diocese de Caicó, assinou documento atestando que a vítima era Terenice. Mesmo assim, o médico legista fez a coleta de material para ser realizado o exame de DNA.

Se a madre não tivesse assinado o documento, teria que esperar os exames de DNA para o corpo ser liberado. Como o Rio Grande do Norte não faz esse tipo de exame, ele é feito na Bahia. O que demora bastante.

Sidney Silva

Após Messi, Estado Islâmico usa Neymar para ameaçar Copa do Mundo de 2018

O Estado Islâmico acrescentou o atacante brasileiro Neymar ameaçados de morte. O grupo terrorista já se lançou contra o argentino Lionel Messi e também contra o técnico da seleção francesa, Didier Deschamps.

No último mês, o Estado Islâmico faz ameaças à Copa do Mundo, que será disputada na Rússia em 2018. Os russos são os principais aliados do governo Síria, com quem o EI trava uma batalha sangrenta há quase uma década.

Neymar na mira

O movimento terrorista de origem islâmico exibiu uma imagem do craque brasileiro e do Paris Saint-Germain em que o mostra sequestrado e com um gesto de sofrimento ao lado de uma vítima, seu ex-colega Messi.

Messi aparece executado ao lado de uma bandeira do Estado Islâmico. A imagem contém uma mensagem: "Vocês não gozarão de segurança até nós vivemos em países muçulmanos".

O TEMPO

Temer retira sonda e deve ter alta nesta segunda-feira, diz hospital

O último boletim médico divulgado pelo hospital Sírio-Libanês informa que o presidente da República, Michel Temer, retirou sonda na manhã deste domingo (29).

Ele deve ter alta no início da tarde de segunda-feira (30) e retornar ao trabalho em Brasília na quarta-feira (1º), após dois dias de repouso em sua casa na capital paulista.

“O presidente Michel Temer foi submetido hoje pela manhã ao procedimento de retirada da sonda vesical. O paciente encontra-se estável e com previsão de alta para o início da tarde de segunda-feira (30)”, diz nota divulgada às 13h deste domingo.

A sonda vesical ou cateter urinário é um tubo de látex, poliuretano ou silicone, inserido na uretra até a bexiga para retirar ou coletar urina.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, visitou Temer no final da manhã deste domingo.

O presidente foi submetido na noite de sexta-feira (27) a uma cirurgia nomeada de “procedimento de desobstrução uretal através de ressecção da próstata” no hospital e depois foi encaminhado para a unidade de terapia semi-intensiva. O presidente encontra-se em quadro “estável”, segundo boletim médico, com previsão de alta no início da tarde de segunda-feira (30).

“Ele fez um procedimento em Brasília e depois deu entrada neste hospital no dia de ontem [sexta] onde foi revisado e passou pelo procedimento de ressecção da próstata. Clinicamente, ele está muito bem. Passou pela unidade semi-intensiva, foi para o apartamento e está estável. Não houve nenhuma intercorrência e deve receber alta na segunda-feira”, disse Kalil.

Temer foi internado no Sírio na noite de sexta, com quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna da próstata.

Ainda de acordo com Srougi, a próstata do presidente tinha voltado a crescer e formou uma rede de vasos sanguíneos, o que foi constatado no exame preliminar feito antes da cirurgia. Esta bola de coágulos de sangue, que obstruía a uretra, foi retirada, para evitar que o presidente voltasse a ter sangramentos.

“Ele tinha coágulos que sangraram. O sangramento iria se repetir. Agora, é muito difícil voltar a aumentar de novo, muito improvável, mas não impossível. Este problema está resolvido”, afirmou Srougi.

Diagnosticado com obstrução urológica, Temer deixou o Hospital do Exército, em Brasília, na noite de quarta-feira (25), sete horas após a internação.

Ao deixar o hospital, ao lado da primeira-dama Marcela, Temer disse aos jornalistas: “Estou inteiro”. O presidente também fez um sinal de positivo e, de acordo com a assessoria, seguiu para o Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência, onde ainda mora.


Com informações do G1/DF

Primeira pesquisa do Ibope aponta segundo turno entre Lula e Bolsonaro em 2018

Se a eleição presidencial de 2018 fosse hoje, o segundo turno seria disputado entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), aponta pesquisa realizada pelo Ibope.

Na pesquisa estimulada, em que os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores, o petista teria 35% das intenções de voto contra 13% do parlamentar, de acordo com os dados divulgados neste domingo pelo jornal "O Globo".

Feita entre 18 e 22 de outubro, a pesquisa ouviu 2.002 pessoas em todos os Estados, com margem de erro de dois pontos percentuais. Esse foi o primeiro levantamento feito pelo Ibope tendo em vista a disputa pelo Planalto no ano que vem. O Ibope ainda não divulgou a íntegra da pesquisa, que também não aparece registrada no site do TSE.

Atrás de Lula e Bolsonaro, aparecem a ex-senadora Marina Silva (Rede), com 8%, o governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), e o apresentador de televisão Luciano Huck (sem partido), com 5%, e o prefeito paulistano, João Doria, com 4%. O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) tem 3% das intenções de voto.

Nesse cenário, brancos e nulos somam 18%. Não sabem em quem votar ou não responderam são 5% dos eleitores consultados.

O resultado apontado pela pesquisa é semelhante ao do último levantamento do Datafolha, feito em setembro. Nele, Lula teria 36% contra 16% de Bolsonaro em uma simulação que traz Alckmin como candidato tucano. Já quando Doria é o postulante do PSDB, o ex-presidente fica com 35% e o parlamentar, com 17%.

A diferença fica por conta de Marina, que tem 14% quando Alckmin está na disputa, e 13% quando Doria é o concorrente. Continuar lendo...

Uol São Paulo

Juiz determina transferência de advogado preso em Caicó para sala de Estado Maior

O Dr. Luiz Cândido Villaça, juiz plantonista para hoje, deferiu pedido da Ordem dos Advogados do Brasil, susecção de Caicó, que pleiteou a transferência, imediata, do advogado Geovanyny Fonseca Pimentel, preso na última sexta feira em Caicó, para uma sala de Estado Maior (Cela Especial / local sem grades).

Com a decisão, o advogado mineiro, com residência em Caicó, deverá ser transferido ainda hoje para a capital do estado. A recente decisão dá uma segunda interpretação, a de que poderá ocorrer a decretação de prisão preventiva para Geovanyny.

O M.P deverá emitir parecer ainda hoje, visto que foi dado prazo de 24 horas para que isso ocorresse. A OAB informou que requerimentos pleiteando a liberação do advogado estão sendo elaborados por defesa técnica/privada contratada pelo acusado.

Por Jair Sampaio

sábado, 28 de outubro de 2017

Doações recebidas por Fátima Bezerra em 2008 e 2014 levantam suspeita

A doação no valor de R$ 475 mil recebida pela campanha da senadora Fátima Bezerra (PT) em 2014 da Sucocítrico Cutrale Ltda, empresa que compõe o cadastro do Ministério do Trabalho de empregadores que submeteram seus funcionários a condições análogas à de escravidão, é apenas uma das contribuições que levantaram certa suspeita acerca do modo de arrecadação que a petista utiliza em suas campanhas.

Em março, reportagem do Portal Agora RN/Agora Jornal mostrou que a JBS S/A, empresa investigada pela Polícia Federal nas operações Lava Jato e Carne Fraca, destinaram recursos para a campanha da senadora em 2014. Outros candidatos também receberam, mas entre os parlamentares potiguares que concorreram naquele ano, Fátima foi a mais beneficiada com verbas desta natureza.

Naquele pleito, a petista declarou à Justiça Eleitoral ter recebido doações da ordem de R$ 1,165 milhão da JBS S/A. Os repasses aconteceram por meio de três depósitos: R$ 500 mil provindos do Diretório Estadual do PSD e outros dois créditos de R$ 475 mil e R$ 190 mil, oriundos do Diretório Nacional do PT.

Em maio, o diretor de Relações Institucionais e Governo da J&F (holding do grupo JBS), Ricardo Saud, citou em um depoimento de delação premiada que os R$ 500 mil recebidos pela campanha da senadora foram pagamento ilícito disfarçado de doação oficial. Ele apontou que o dinheiro era oriundo da conta de propina do PT e classificou esses recursos de “carimbados”.

De acordo com Saud, o pedido partiu do então tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência, Edinho Silva. “Tudo doação dissimulada, isto era dinheiro de propina”, afimou Ricardo Saud. O dinheiro classificado pelo delator como “carimbado”, foi destinado às candidaturas de Fátima Bezerra, da senadora Angela Portela (PT-RR) e do governador de Minas Gerais Fernando Pimentel. Ricardo diz que tem como comprovar os pedidos de propinas de Edinho a partir de “bilhetinhos” que contém números ao lado do nome de Fátima Bezerra.

Além dessas doações em 2014, outra verba arrecadada por Fátima, mas durante sua campanha à Prefeitura de Natal em 2008, é alvo de suspeita. Em denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB), é apontado que o peemedebista teria solicitado, naquele ano, o pagamento de R$ 125 mil em propina (verba a ser destinada para Fátima) para o então diretor da Transpetro, subsidiária da Petrobras, Sérgio Machado.

Garibaldi e Machado, segundo a PGR, ajustaram o pagamento da vantagem indevida por meio de doação efetivada ao Diretório Estadual do PMDB no Rio Grande do Norte. Seis dias depois de o pagamento ser efetivado, o dinheiro foi parar na conta da então candidata à Prefeitura de Natal Fátima Bezerra (PT), que tinha o apoio de Garibaldi no pleito.

Os detalhes da negociação foram acertados, segundo apontam as investigações do Ministério Público Federal, pelo então assessor de Garibaldi Lindolfo Sales. Na denúncia, a PGR aponta que, para atender ao pedido do peemedebista, Sérgio Machado solicitou aos empresários Luiz Fernando Nave Maramaldo e Nelson Cortonesi Maramaldo, controladores da NM Engenharia, que realizassem uma doação no valor de exatos R$ 125 mil ao Diretório do PMDB/RN.

A investigação dos extratos de prestação de contas do PMDB na campanha eleitoral daquele ano mostra que o valor foi depositado em 11 de setembro, com a quantia sendo liberada no dia seguinte. Em seguida, o dinheiro foi encaminhado ao comitê financeiro da petista. “Por esse meio, constata-se que o exato montante de R$ 125.000 doados pela NM Serviços chegou em meros seis dias úteis do Diretório Estadual do PMDB-RN à campanha de MARIA DE FÁTIMA BEZERRA, então candidata do PT ao cargo de prefeita da cidade de Natal, pela coligação ‘União por Natal’ (PT, PMDB e PSB)”, assinala a denúncia. continuar lendo...

Agora RN

Advogado preso em Caicó pode ter ligação com facção para apoiar clientes em roubos

Há rumores de que a polícia começa a receber denúncias sobre um possível envolvimento do advogado Geovaniny Fonseca Pimentel com uma facção do crime organizado do RN, e isto inclui cobertura em assaltos. Ele foi preso nessa sexta feira, 27, na cidade de Caicó, portando arma de fogo e conduzindo suspeitos de crimes.

Na abordagem feita ontem pela PM no interior do Gol, também foram encontrados 2 capacetes de moto, provavelmente de propriedade do advogado, o que potencializa denúncias que tratam do apoio do suspeito à facção. De acordo com a fonte, em seu carro, Geovaniny executava o plano de fuga dos criminosos logo após os roubos.

"Por algumas vezes tive a oportunidade de me encontrar com ele em algumas repartições defendendo seus clientes, nunca imaginei isso dele, mas depois que foi preso e sua imagem foi estampada nas redes sociais, os comentários ruins sobre sua conduta começaram a surgir, e isso deverá prejudicá-lo", diz um colega de profissão.

Por Jair Sampaio

Temer passa por cirurgia na próstata e se recupera em hospital de São Paulo

O Hospital Sírio-Libanês informou no final da noite desta sexta-feira (27) que o presidente Michel Temer foi submetido a uma ressecção da próstata, cirurgia urológica para desobstrução do canal uretal. De acordo com a nota, “a intervenção transcorreu sem intercorrências” e o presidente se recupera em uma unidade de terapia semi-intensiva.

Temer foi internado no hospital, localizado na capital paulista, no início da noite com quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna da próstata. O problema foi descoberto na quarta-feira (25), dia da votação da segunda denúncia contra ele na Câmara dos Deputados, quando o presidente foi internado no Hospital do Exército após sentir-se mal e foi constatada a obstrução urológica.

Ainda em Brasília, o presidente foi submetido a uma sondagem vesical, que consiste na introdução de um cateter através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina. O presidente passou a tarde de quarta-feira no hospital e, quando deixou o local, no início da noite, acenou para a imprensa e disse “estou bem”.

Encontro com Evo Morales

A agenda do presidente Temer prevê retorno a Brasília já na próxima segunda-feira (30), quando receberá o presidente da Bolívia, Evo Morales. Os dois presidentes se reunirão no Palácio do Planalto no fim da manhã, assinarão atos e, no início da tarde, Temer 
oferecerá um almoço ao presidente boliviano no Palácio do Itamaraty.

ISTO É

*Colaborou Marcelo Brandão, repórter da Agência Brasil

Brasil tem 1 roubo ou furto de veículo a cada minuto; Natal está em quinto no ranking

O autônomo Jonathas Felipe, 19, estacionou na porta da casa de um amigo na noite do dia 7 em Sumaré (interior de SP). Quando olhou pelo retrovisor, viu um rapaz de capuz.

“Ele puxou a arma, eu pensei: ‘pronto, vai levar’.” E levou uma Saveiro avaliada em R$ 30 mil. Duas semanas depois, sua madrasta teve o carro roubado no mesmo bairro.

Casos do tipo estão em alta no Brasil, que teve média de um roubo ou furto de veículo por minuto em 2016. Foram 557 mil no ano passado, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Significa um crescimento de 8% em relação ao ano anterior, de acordo com informações de 25 Estados e do DF (o levantamento exclui apenas o Acre, que não enviou dados). E 41% dos crimes estão concentrados nas capitais.

Considerando a soma de furtos e roubos de veículos proporcionalmente à frota de cada Estado, o Rio é campeão, com taxa de 916,7 crimes do tipo por 100 mil carros –em números absolutos, 58,5 mil casos. Goiás é o segundo.

Já entre as capitais, ganha Porto Alegre, com 1.446 furtos e roubos por 100 mil.

A cidade de São Paulo ocupa o terceiro lugar nesse tipo de crime proporcionalmente ao tamanho da frota.

Em números absolutos, no entanto, só a capital paulista concentrou 15% das ocorrências no país, com 226 roubos ou furtos por dia. O Estado de São Paulo, que ocupa a sexta posição na lista proporcional, tem 34% dos crimes.

“É horrível. Eu nem volto mais naquele bairro. Você fica com trauma. Para onde vai, tem que ficar ligado, fica com medo”, diz Jonathas, que perdeu o carro em Sumaré.

O receio também virou rotina da estudante Ellen Cristine, 28. No dia 13, ela estacionou o carro pela manhã próximo ao terminal Sacomã, zona sul de SP. Na hora do almoço, ele não estava mais lá.

No veículo havia documentos importantes do trabalho. Por isso, foi demitida. “Fiquei sem carro, sem emprego, sem nada. A seguradora me ofereceu um carro reserva. Era um carrão. Mas eu disse: ‘não dá pra ficar com isso, vão me roubar de novo'”, conta.

ESPECIALIZAÇÃO


O alto índice de roubos no país “ajuda a explicar um pouco do sentimento de insegurança da população do Brasil”, explica David Marques, pesquisador do fórum.

Ele chama a atenção para um aumento maior de roubos do que de furtos: “O furto demanda uma certa especialização da criminalidade. Com arma de fogo, qualquer um pode praticar um roubo. E em alguma medida cresce o roubo nos Estados em que crescem os homicídios. A coincidência desses fenômenos indica que a prevalência, a existência das armas de fogo propicia esse tipo de crime”.

“É preciso que, com inteligência, as forças de segurança entendam em cada contexto como esses veículos estão inseridos na escala criminal. Se é para levar a desmanches ou se é para utilizar em outros crimes e logo depois abandoná-los”, afirma.

Para coibir esse tipo de crime, desde 2014 há em São Paulo uma lei que permite que apenas estabelecimentos cadastrados previamente pelo Detran possam revender peças usadas –que devem ser passíveis de serem rastreadas.

Além disso, um sistema de monitoramento por câmeras inteligentes, Detecta, é propagandeado como alternativa de combate aos roubos.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo diz que prendeu 4.264 pessoas e recuperou 57.804 veículos neste ano, além de ter fechado 40 desmanches. Desde a implantação da lei dos desmanches, em 2014, afirma ter lacrado 159 estabelecimentos do tipo, ações que ajudaram a diminuir os índices.

Há também em outros Estados mecanismos semelhantes. Um deles é o RS.

Para coibir o alto na capital, o governo afirma que a “Operação Desmanche”, que fiscaliza estabelecimentos ilegais, interditou 87 locais irregulares e prendeu 62 pessoas em 27 cidades gaúchas.

O governo do Rio credita o alto índice de crimes à grave crise econômica pela qual passa o Estado, “que, a partir de 2016, impactaram o enfrentamento da criminalidade”, segundo diz em nota. Ele cita a evasão de policiais e a impossibilidade de contratar novos profissionais.

Apesar do contingenciamento, diz, tem atuado com ações de inteligência para combater esses crimes.

Avenida Abel Cabral, em Nova Parnamirim, é interditada para obras

A avenida Abel Cabral, entre Natal e Parnamirim, teve um trecho interditado em ambos os sentidos neste sábado (28). Tanto a entrada quanto a saída da avenida para a BR-101 estão com o tráfego interrompido pelos próximos 20 dias, segundo prevê o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O motivo são obras realizadas no local.

Segundo o Dnit do Rio Grande do Norte, serão realizados serviços de terraplenagem e pavimentação para a implantação da Via Marginal, que são preliminares à construção do viaduto próximo à Avenida Abel Cabral.

No início da manhã, o trânsito na região de Nova Parnamirim estava tranquilo. A orientação para os motoristas que passam pelo bairro e precisam acessar a BR 101 é utilizar a Rua Antônio L. Chaves e posteriormente a Avenida Maria Lacerda Montenegro, conforme mostra a imagem abaixo.

Para ir até o bairro de Nova Parnamirim, os veículos que seguem da cidade de Parnamirim também podem utilizar a Avenida Maria Lacerda Montenegro.

Os que seguem de Natal podem usar a Avenida das Alagoas, ou o retorno do Viaduto de Emaús.

Com informações do G1/RN

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Desvios no trânsito para reparos de passarela na BR-101 dura até início da noite

O desvio no trânsito provocado pela colisão de uma retroescavadeira na passarela localizada em frente ao Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, deve terminar às 18h30 desta sexta-feira (27). Na tarde de hoje, o Consórcio Natal Parnamirim iniciou a retirada de metade da estrutura da passarela.

Com a colisão, o vão central da passarela se deslocou. O trânsito foi liberado no local e uma equipe da Polícia Rodoviária Federal está orientando os motoristas. Uma equipe está removendo a rampa de acesso da passarela. em seguida, o vão central será retirado. Para essa segunda etapa, o tráfego será interrompido novamente. O horário para a próxima interdição ainda não está confirmado. A estrutura não corre risco de cair.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista responsável por atingir a passarela é da Empresa A.Gaspar, uma das empresas do Consórcio Natal Parnamirim, responsável pela passarela e agora, também pelo reparo.

Um caso similar aconteceu em 2012, quando uma carreta atingiu a estrutura metálica de uma passarela na BR 101. Na ocasião, a passarela foi derrubada e deixou um ferido leve.

Tribuna do Norte

Robinson Faria participa de reunião com governadores para debater segurança nas fronteiras

O governador Robinson Faria participou nesta sexta-feira (27) do “Encontro de Governadores do Brasil pela Segurança e Controle das Fronteiras – Narcotráfico, uma emergência nacional”, em Rio Branco, no Acre. O evento promoveu a discussão conjunta, entre estados e União, de medidas de enfrentamento à violência, de combate ao narcotráfico e de fortalecimento das fronteiras tidas como rota de comércio ilegal de armas, drogas e contrabando.

A reunião, proposta por Robinson durante o último encontro de governadores, no mês de maio, foi a primeira dessa natureza no país reunindo governadores e secretários de segurança. Além do Brasil, também estiveram presentes representantes de países como a Bolívia, Equador, Peru e Colômbia.

“É a primeira vez que vejo o Brasil reunido para debater segurança pública. É um grito de socorro, de convocação, de chamamento. Acho que este encontro é uma grande oportunidade para que tenhamos, a partir de então, uma nova postura de segurança pública. Não estamos aqui para eleger culpados, nem corrigir o passado”, disse o governador.
Robinson Faria foi o representante a falar pela Região Nordeste. Na ocasião, ele defendeu a criação de um Sistema Único de Segurança.

“Essa será a maior vitória, se tivermos aqui o consenso de criarmos esse sistema. No meu estado, estou investindo 15% do orçamento em segurança, montante superior ao que estabelece a Carta Magna, e o resultado seria mais satisfatório se houvesse integração, o que objetivo com essa reunião”, destacou Faria.

O governador potiguar ponderou ainda que a solução para a problemática da violência e criminalidade no Brasil perpassa pelo envolvimento de todas as esferas do Executivo, da União e municípios.

ASSECOM/RN

População pede e políticos já estudam saída de Robinson Faria

Está cada vez mais evidente que o governador Robinson Faria (PSD) não consegue gerir o Estado. Com a população pedindo sua saída, o desgaste de Robinson já bateu a porta dos políticos, que começam a estudar como retirar o governador do poder.

Algo que antes era apenas conversa de bastidores, começa a tomar grandes proporções. O Estado segue com salários atrasados, uma insegurança nunca antes vista e diversos problemas em todos os setores.


A maneira de Robinson administrar fez o povo potiguar perder a paciência.

RN Mais

Emprotur e bugueiros buscam financiamento para renovação da frota de buggys no RN

A Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) e o Sindicato dos Bugueiros Profissionais (Sindbuggy) se reuniram na manhã desta quinta-feira (26) para tentar viabilizar uma linha de crédito para renovação e padronização dos buggys no Rio Grande do Norte junto a bancos públicos.

O presidente do Sindbuggy, Luiz Thiago Manoel, explicou que essa linha de crédito vai proporcionar um melhor atendimento ao turista e garantir maior competitividade do Rio Grande do Norte frente aos outros estados do Nordeste que também desenvolvem a atividade de buggy-turismo. “Nos reunimos com Manoel Gaspar, presidente da Emprotur, que nos atende e busca melhorias para o turismo, para tentarmos viabilizar esses recursos. Foi uma grande reunião. O interesse da linha de crédito é para padronizar os veículos e renovar a frota. Esse pleito só vai beneficiar o turismo potiguar”, destacou.

Também participou da reunião o vereador de Extremoz, Josias de Oliveira, que também é bugueiros e que está trabalhando em parceria com o sindicato para viabilizar os recursos. A linha de crédito está sendo estudada junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN), Banco do Brasil (BB) ou Caixa Econômica Federal (CEF). O objetivo da linha é conseguir recursos que financiem, a juros mais baixos que os praticados no mercado, novos veículos para os bugueiros profissionais.

Galeno requer celeridade no abastecimento de viaturas da PM em Pau dos Ferros

O deputado estadual Galeno Torquato (PSD) solicita celeridade do Governo do Estado para que seja instalado posto de combustíveis por parte do Executivo Estadual na cidade de Pau dos Ferros, localizada no Alto Oeste Potiguar. O equipamento vai abastecer as viaturas das unidades da Polícia Militar que funcionam em 37 municípios que compõem a Região.

“O tempo gasto excessivamente com o deslocamento para realizar o abastecimento poderia ser utilizado para exercer o trabalho em favor da segurança da população desses municípios, que chega a ficar horas desassistida. Essa distorção será reparada com a instalação do novo posto”, justifica o deputado Galeno Torquato.

Atualmente, a Polícia Militar precisa deslocar-se ao município de Rafael Fernandes, para realizar o abastecimento, numa solução temporária posta em prática pelo Governo. Até o final do ano, porém, as viaturas e demais veículos pertencentes ao Executivo deverão ser abastecidas no município de Pau dos Ferros, o que o parlamentar solicita que aconteça com celeridade, em documento enviado à Secretaria de Estado da Administração.

De acordo com o deputado Galeno Torquato, o abastecimento que será oferecido em breve no município de Pau dos Ferros vai garantir agilidade e economia na logística da Polícia Militar da Região.

A instalação de um posto de combustíveis por parte da BR Distribuidora no município é uma demanda antiga e vai de encontro ao desgaste ocasionado pelo deslocamento de mais de 100 quilômetros que a PM dos municípios de São Miguel, Pau dos Ferros, Tenente Ananias, José da Penha e Major Sales tem de fazer para encher o tanque dos veículos.


Robson Pires